Literatura

5 Livros Arrepiantes Para Oferecer

Dezembro 4, 2019

Um dos motivos pelos quais poucas pessoas me oferecem livros no Natal é por não saberem qual o meu género preferido ou que livros já li. Por mais que diga que podem sempre oferecer com o talão de troca, nunca recebo muitos livros. Para descomplicar a vida de muitas pessoas, decidi fazer uma lista com livros do género thriller e policial que podem facilitar na hora de escolher um livro para aquele amigo que ama livros arrepiantes. Compilei numa pequena lista 5 Livros Arrepiantes Para Oferecer, que na minha opinião são leituras quase obrigatórias. Contudo, e para facilitar ainda mais a vida, acrescentei alguns títulos abaixo caso não se consigam decidir entre os cinco títulos principais.

Antes de mais, tenho de referir que para criar esta lista não quis apenas adicionar livros que já li e recomendo. Coloquei alguns títulos que tenho na minha estante para ler ou tenho certa curiosidade e irei comprá-los em breve. São títulos que pela sinopse podemos esperar uma história bem arrepiante, que são bem aclamados pela crítica. Para mim, na hora de escolher um bom thriller foco-me sempre na sinopse e nas opiniões de leitores. Apesar de muitas compras minhas serem impulsivas, quando se trata de thrillers gosto de pesquisar o máximo antes de arriscar. Apesar de ser o meu género literário preferido e cada vez mais se torna complicado encontrar títulos que sejam do meu agrado.

5 Livros Arrepiantes Para Oferecer

A Noite Em Que o Verão Acabou de João Tordo

O livro que tem andado nas bocas de todos os portugueses. Um novidade bem recente, e além do mais, de um autor português. Neste momento estou a ler este livro, apesar de estar a ler devagar, estou a gostar da leitura. Acredito que seja uma no opção para se oferecer neste natal, precisámos de divulgar mais literatura portuguesa, e porque não começar por oferecer livros dos nossos escritores? João Tordo tem um talento inato para a escrita, li no verão passado o seu livro O Bom Inverno e fiquei completamente apaixonada pela história.

Conduz o Teu Arado Sobre os Ossos dos Mortos de Olga Tokarczuk

Ler autores premiados vai ser um dos meus desafios para 2020. Por isso, pretendo começar por ler este preciso livro de Olga Tokarczuk que pela sinopse e pelas críticas que está a receber, parece-me ser daqueles livros que facilmente darei quatro estrelas ou cinco. Será a minha primeira experiência com a autora, tenho algumas expectativas. Uma boa ideia para oferecer aos amigos que andam sempre a par dos prémios literários, e claro, se todos gostam, porque não haveria ele de gostar também?

Amigo Imaginário de Stephen Chbosky

Não podia haver uma lista sem existir pelo menos um calhamaço. Amigo Imaginário de Stephen Chbosky é mais um livro que está a ser bem recebido pelos leitores de todo o mundo, já comprei o meu exemplar e será uma leitura para 2020. Se ainda não viram um livro: ele é um calhamaço, ideal para dar ao amigo chato e que não se cala. Ele irá ficar horas a ler este livro e não vos irá chatear tão rápido. Se gostaram de ler As Vantagens de Ser Invisível do mesmo autor, acredito que também irão gostar deste livro. Ansiosa para fazer esta leitura, presumo que seja uma história daquelas bem arrepiantes.

Crime, Disse o Livro de Anthony Horowitz

O meu livro preferido de 2019 e tinha de estar obrigatoriamente nesta lista de livros arrepiantes. Não há livro nenhum que venha e que me faça dizer que foi melhor que este. Digo-vos que depois de ter lido este livro li mais um do autor e sem sombra de dúvida que é dos meus autores preferidos. Crime, Disse o Livro é um thriller à moda antiga, daqueles bem clássicos. Perfeito para os fãs de Agatha Christie, vão ficar presos nesta leitura e quando terminarem de o ler só vão pedir mais. Acredito que seja um dos melhores livros deste ano, e é o livro que mais recomendo. Anthony Horowitz é incrível.

A Paciente Silenciosa de Alex Michaelides

A Paciente Silenciosa faz parte desta lista por dois motivos: surpreendeu-me pela positiva, tinha expectativas baixas para ele, e por que, é um thriller que explora o ser humano a fundo. Talvez não seja a melhor opção para oferecer a quem nunca leu thrillers, apesar de tudo admito que é um livro que agrada mais aos fãs do género. Uma leitura perfeita para os tempos mais frios, com capítulos cheios de ação e que prendem o leitor. A sinopse convence logo qualquer um, mas depois de ler este livro, não vão deixar de pensar nele.

Deixo-vos ainda mais algumas sugestões de livros arrepiantes, para vos facilitar ainda mais a vida, ou complicar:

Samitério de Animais de Stephen King

Uma Gaiola de Ouro de Camilla Lackberg

Um, Dó, Li, Tá de M. J. Arlidge

O Assassino do Crucifixo de Chris Carter

Infelizmente, acho que o género literário de thriller ou policial é pouco explorado aqui em Portugal. Gostava de ver mais autores portugueses a escrever este género de livros. Por ser um género pouco explorado, acredito que os leitores acabem por fugir do género. Existem muito boas recomendações de thrillers, muitos de autores estrangeiros, mas não deixam de ser grandes histórias. Para mim que sou grande fã deste género literário, é bem mais fácil ler um thriller e gostar, como pode ser muito complicado encontrar um livro que me satisfaça conforme as minhas exigências. Uma boa dica para quando estiverem a comprar um thriller é mesmo ler as sinopses e ter cuidado com os livros que fazem parte de sagas ou séries.

Se quiseres comprar algum destes livro compra-o em Wook.pt!

    Deixar uma resposta