Literatura Opiniões Literárias

Rebecca de Daphne Du Maurier

Novembro 27, 2019

Acima de tudo: Rebecca, ai este livro. Comprei-o numa altura que procurava livros de terror ou thrillers bem aclamados. Por isso, acabei por comprar o livro. Decidi optar por uma edição inglesa, com o objetivo de poupar. Ficou na estante até ao dia que decidi pegar nele, não sei qual o motivo em específico, mas senti que o livro chamava por mim. Tinha sido uma compra por impulso, verdade seja dita, tinha intenções de o ler, contudo não para tão breve. Ora, naquele dia ele chamou por mim, e claro, fiz-lhe a vontade e comecei a ler.

Enquanto os primeiros capítulos foram lentos, é a parte mais aborrecida da história. Inclusive cheguei a pensar que não iria gostar nada da história. Contudo, não desisti, acima de tudo continuei confiante e de certo modo pressentia que a história me daria algo mais. Consequentemente uns capítulos à frente começou a agarrar-me, quando finalmente chegámos a Manderley. Não vos sei explicar ao certo o que me fez agarrar à história, foi como se sentisse um género de ligação com a personagem principal.

Em primeiro lugar trata-se de uma história que fala sobre nunca conseguirmos ser melhor que alguém, de a outra pessoa superar-nos em tudo, mesmo que já não esteja viva. Sofri com a personagem principal, senti a sua dor e agonia, imagino o tormento que deve ter sido viver assim, com aquele sentimento de ser insuficiente ou de não ser a Rebecca. Ninguém gosta de viver à sombra de ninguém, ninguém gosta que o seu ser seja ofuscado por uma pessoa que já nem está cá para contar a sua história.

Uma personagem principal cheia de medos, com uma história deveras impressionante e de fazer qualquer um se emocionar. Facto curioso este de não sabermos o nome da personagem principal que narra a história, é um simples detalhe que faz toda a diferença na história. Podemos viver sem saber o seu nome, ou podemos ser criativos e dar-lhe um nome. É como se a autora quisesse que relacionássemos esta personagem com alguém que conhecemos, ou apenas quis ser diferentes dos restantes autores.

Se quiseres compra este livro em português aqui!

Acima de tudo Rebecca é um livro que prende o leitor. Com um final surpreendente, como bem merecia. Para mim, será um livro que ficará para sempre no meu coração, na minha estante e como um dos meus favoritos da vida. Fiquei feliz por ler este livro, sinto falta de mais livros deste género. Com personagens marcantes, bem caraterizadas e num contexto histórico que nem sempre me agrada, contudo este conseguiu surpreender-me e superar as expectativas. É complicado para mim expressar o quanto gosto e recomendo este livro.

Rebecca trata-se de um livro bem planeado e com um enredo de cortar a respiração. Uma das maiores qualidades deste livro é a escrita, considerando isto um clássico, não é daqueles com descrições muito cansativas e mantém um ritmo muito fluído. As descrições servem para levar o leitor a imaginar de forma simples os cenários, querer percorrer todo o cenário de uma ponta à outra e querer relacionar-se com as personagens.

Com uma atmosfera um pouco obscura, Daphne Du Maurier traz-nos um estilo de romance gótico, onde encontrámos de tudo. Mistério, drama, romance. A autora consegue fazer o leitor querer viajar diretamente para Manderley, e além do mais, faz com que o próprio leitor se sinta personagem do livro. Não são todos os livros escritos na primeira pessoa que me surpreendem, este conseguiu superar todas e quaisquer expectativas que eu tinha. Leiam esta obra, acredito que vão surpreender-se.

Talvez possas gostar também deste livro: O Monte Dos Vendavais de Emily Bronte

    Deixar uma resposta