Literatura Opiniões Literárias

Crime, Disse o Livro de Anthony Horowitz

Sabem aqueles livros que vos caem nas mãos como por magia? Foi mais ou menos assim que Crime, Disse o Livro chegou até mim. A editora Clube do Autor enviou-me este exemplar que chegou cá a casa sem eu esperar, na altura vi algumas book bloggers a falar sobre a novidade, estavam todos a receber o livro, mas eu não esperava, nem tinha assim tão curiosidade para com esta obra. Erro meu, devia ter dado mais atenção a este livro. Assim que peguei no livro olhei para ele, e de certa forma, parecia-me que ele estava a dizer-me qualquer coisa, e realmente estava: este livro vai mudar a tua vida.

Este livro chegou e foi para ficar. Comecei a sua leitura muito reticente, com medo do que poderia vir. Andava numa ressaca literária, qualquer livro que pegasse não me satisfazia, não me enchia as medidas. Tenho de admitir que demorou para eu realmente entrar na história, a ressaca literária não ajudou, mas gradualmente acabei por ficar tão perdida na história. Não sei qual foi o momento exato que eu soube que este livro seria o tal, porém, soube que foi na primeira página que descobri que aquele livro iria ensinar-me uma grande lição. Demorei alguns dias a lê-lo, eu realmente quis que a leitura demorasse, contudo, na reta final do livro não consegui aguentar e li mais de cem páginas de seguida. Parar a leitura era impossível, não conseguia de todo pousar o livro. Estava realmente embrenhada nesta história, neste enredo louco, nestas personagens incríveis.

O primeiro comentário que fiz sobre o livro foi do facto de que se tratava de um thriller à moda antiga. Enquanto lia o livro lembrei-me de umas das poucas leituras que fiz ultimamente, lembrei-me do livro Rebecca de Daphne Du Maurier, não são histórias iguais, mas encontrei alguns detalhes que fizeram com que o meu monstro literário ficasse satisfeito. Recomendo ambos os livros, são mesmo muito bons. Mas, ao ler este thriller dei por mim a pensar nas saudades que sentia de ler um livro assim, a falta que sinto de livros deste género a serem publicados e traduzidos cá em Portugal. Precisámos mais literatura assim, mais livros que tragam um menu completo: personagens que parecem reais, um enredo que deixa o leitor sem saber distinguir a ficção da realidade, com uma escrita deliciosa, com descrições tão reais que parece que conseguimos entrar no livro.

Honestamente não vos quero revelar muito sobre o livro, este livro é daqueles que devemos ler sem expectativas e sem saber nada sobre ele. Avançar a pés juntos, e deixar-se surpreender. Fiquei encantada com o livro, acho que dá para perceber o quanto amei esta história. Cheguei a um ponto do livro que comecei a chorar pelo simples facto de achar o livro tão bom, mas tão bom que me emocionei. Fiquei sem palavras. Eu estava a precisar de uma história assim na minha vida, este livro veio mudar a minha vida, a minha perceção quanto a este género literário, e pior, aumentou as minhas expectativas quanto aos restantes thrillers que quero e tenho para ler. Agora sim, será muito mais complicado um livro deste género agradar-me, depois de ler um livro tão incrível, uma pessoa não consegue surpreender-se tão facilmente.

Sem sombra de dúvida que dei exatamente cinco estrelas ao livro, fiquei completamente rendida ao autor. Por isso, durante os próximos tempos pretendo ler pelo menos mais um livro do autor, gostaria que publicassem mais de Anthony Horowitz cá em Portugal, penso que este autor será um bom investimento. Podemos ver isso pelas críticas ao primeiro livro, tantos leitores a gostar desta obra, a demonstrar agrado pelo escritor. Crime, Disse o Livro tornou-se automaticamente um dos meus livros favoritos da vida, acreditem que é complicado um livro chegar a esse patamar. Depois de ler tantos livros, fico sempre sem palavras quando preciso falar de um livro que amei de coração, simplesmente não consigo explicar-vos tudo o que senti. Eu só queria que houvesse mais, eu precisava de mais. Este livro merece ser lido, merece estar nas estantes de todos. Por favor, leiam este livro logo que tenham oportunidade, vale a pena viver esta história.

Este exemplar foi gentilmente cedido pela a editora Clube do Autor para leitura e opinião.

Lê também

Sem Comentários

    Deixar uma resposta