Literatura

Quando Ler Mais Do Que Um Livro Ao Mesmo Tempo É O Mood

Agosto 2, 2019

O mês de Julho foi uma completa loucura ao nível de leituras. Fiz poucas leituras, já sabia que assim seria. Estava numa ressaca literária e o trabalho estava a tomar conta da minha vida. Foi um mês de dormir, trabalhar e repeat. Para começar o mês de Agosto começo com o pé direito: sem energia para nada. Estou completamente esgotada, não sei até que ponto isto será bom, mas uma pessoa irá recompor-se. Preciso apenas de umas pequenas férias (se bem que se fossem férias infinitas eu não reclamava).

Planos para o mês de Agosto: para além de ser o mês do meu aniversário é o mês do aniversário do blogue. Pretendo trazer algumas surpresas aqui no blogue, inclusive quero voltar ao instagram, sinto saudades de fotografar e editar. Tenho saudades da minha rotina de blogger, é isso. Este mês quero também ver se melhoro as minhas leituras, estou neste momento com demasiadas leituras em mãos e uma pilha enorme de livros por ler. E, é por isso, que hoje venho falar sobre ler mais do que um livro ao mesmo tempo.

Para muitos parece impossível conseguir ler tantos livros ao mesmo tempo, acreditam que podem esquecer-se ou misturar histórias, e eu digo-vos: não sei ler apenas um livro ao mesmo tempo. É raro o momento que esteja só com um livro em andamento. Normalmente estou a ler um livro em formato físico e outro em formato digital, para mim só assim funciona. Principalmente quando se trata de ler livros com temas fortes ou com imensas páginas. Está é das dicas que mais dou quando me perguntam como leio tanto, ler mais do que um livro ao mesmo tempo, tem sido aquele life hack para nunca deixar o meu desafio literário a meio ou para trás.

Admito que não é uma técnica para todos, já vi pessoas que não se deram com este método, e tudo bem. Ao início não me habituei, achei estranho e parvo, para quê pegar noutro livro quando ainda não tinha terminado o que estava a ler. Então, um dia dei por mim a ler dois livros diferentes ao mesmo tempo, e apercebi-me que não me fazia confusão nenhuma, conseguia lembrar-me dos detalhes de cada história e sem misturar. Com isto, comecei a ler mais do que um livro ao mesmo tempo, porém, sempre com alguns truques.

Neste momento posso dizer-vos que estou a ler oito livros, todos diferentes: estou a ler um livro de ficção em inglês que acompanho enquanto oiço o audiobook, estou a ler um livro infantil que faz parte da minha lista de leituras para este verão, uma biografia do Kurt Cobain, um thriller que também se encontra na minha lista de leituras de verão e outro thriller que comecei há imenso tempo e nunca mais terminei, um livro de fantasia, um livro de horror psicológico e por fim, um livro sobre finanças pessoais. Não são todas leituras em formato físico, alguns são em audiobook, outros em e-book. Gosto de variar e ter a oportunidade de escolher o que me apetecer naquele momento, por isso é que eu digo que o meu mood é ler mais do que um livro ao mesmo tempo.

A primeira dica para se habituarem a este método é mesmo ler dois livros de géneros completamente distintos. Podem pegar num romance mais suave, daqueles que voámos pela história e quem sabe, pegar finalmente naquele calhamaço assustador que está na estante há séculos. Se já forem adeptos das novas tecnologias, experimentei ler um livro em formato físico e outro em e-book ou até mesmo em audiobook. Assim, se sentirem que precisam de ler algo diferente, têm mais opções de escolha.

Não há nenhum mal em começar um livro e demorar imenso para o ler, o que importa é estarem a ler. Na minha opinião não vale a pena sentimo-nos culpados por não terminarmos uma leitura há meses, por estarmos sempre a acrescentar um livro no GoodReads como a ler, não há mal nenhum. Leiam, não importa mais nada. Podem até ver mil livros ao mesmo tempo, começar uma leitura nova todos os dias, desde que nunca deixem a leitura de lado, só isso é importante.

    Deixar uma resposta