Literatura Opiniões Literárias

Miga, Esquece Lá Isso de claranão

Julho 12, 2019

A verdade é que este ano novo tenho adotado o típico método de esquecer para não incomodar mais. Consigo realmente esquecer? Isso já é outra história. Dei por mim a ver milhares de pessoas a ler o livro da claranão e pensei “porque não?”. A editora Ideias de Ler gentilmente cedeu um exemplar para eu partilhar com vocês a minha opinião. Vamos a isso?

Miga, Esquece Lá Isso é daqueles livros que me vejo a dar a uma amiga em qualquer momento especial. Um pequeno mimo de livro, cheio de sentimentos e muitas verdades. Dou por mim a folhear o livro nos dias que sinto que preciso de um empurrão extra para viver. Hoje, para dar início à opinião sobre este livro, decidi não escrever uma opinião muito longa, até porque não há assim muito que se diga sobre este livro, ele é tão especial e todos devem adquiri-lo o mais rapidamente possível. É esta a única verdade: comprem o livro, não se vão arrepender. Tem ilustrações lindas, com mensagens únicas e especiais. Não esperem pelo momento certo, comprem-no agora porque é daqueles livros que qualquer mulher deve ter na sua biblioteca.

“Vou imaginar que também tens saudades, talvez depois só doa metade.” (página 45)

Foi a primeira página que calhou assim que abri o livro. É daquelas frases que não podia vir em melhor altura, chegou, marcou e deixou alguma dor. Imaginar que a outra pessoa sente alguma saudade nossa dá um certo de conforto, não é? É assim que me sinto ao imaginar que posso estar no pensamento da outra pessoa. Mas, a realidade é, só nos enganamos a nós próprios. Ai saudade, uma palavra que apenas existe na nossa língua, mas que tanto nos consome.

Adoro a forma como a ilustradora passa-nos as mensagens de forma tão simples. Quem nunca sofreu por amor que levante a mão? As ilustrações satíricas são de tema central os sentimentos, o feminismo, a saudade, amor não correspondido, e muitos mais temas. Pensamentos muito pessoais da autora, mas que qualquer um de nós rapidamente se identifica.

É uma leitura leve e perfeita para o verão. Faz-se rapidamente a leitura do mesmo, mas honestamente é daqueles livros que devemos pegar quando nos sentimentos mais em baixo. Um livro que nos levanta o mood na hora. Para folhear de vez em quando, não é uma leitura que se faça de uma assentada só. Um livro perfeito até para as pessoas que não gostam de ler, ideal para aqueles domingos à tarde cheios de preguiça, ideal para rir quando não nos apetece. Um livro incrível.

    Deixar uma resposta