Literatura

Autores Portugueses Que Deves Ler

Dia 10 de Junho festejámos o Dia de Portugal. Para celebrar esta data decidi trazer uma lista com alguns autores portugueses, que na minha opinião, deves ler ou pelo menos procurar saber mais. Admito que ainda não li todos estes autores, mas pelo menos aqueles que li quero partilhar com vocês a minha experiência. Apesar de tudo, não sou de ler muito autores portugueses, algo que quero mudar e vejo-me aos poucos a procurar mais, mas o facto é que a ficção estrangeira atraí-me mais. O motivo ao certo não sei, talvez pelo facto de que existem mais livros do meu género literário noutras línguas, do que obras de autores portugueses.

Para esta lista baseei-me em muitas recomendações e opiniões do GoodReads. Fora um caso ou outro que realmente li. Não quis trazer-vos uma lista muito longa, limitei-me a escolher aqueles que acredito serem mais acessíveis e para todos os gostos. Tenho desde autores bem premiados a autores que estão a começar no ramo. A ideia para hoje é apenas divulgar as obras dos nossos, partilhar a nossa literatura.

Começo por falar de uma grande novidade “Raparigas Como Nós” da autora Helena Magalhães. É o segundo livro da escritora, já li o seu primeiro livro “Diz-lhe Que Não” e gostei imenso. As expectativas para este livro são imensas, um livro young-adult, um género literário pouco explorado aqui em Portugal.

Passando para uma autora bem nova que infelizmente é mais valorizada no Brasil do que no seu próprio país. Claro que estou a falar da escritora Sofia Silva, apesar de finalmente termos dois livros publicados pela Editorial Presença, mesmo assim acho que as editoras portuguesas demoraram imenso para pegar nesta jovem escritora. Li ambos os seus livros, não conhecia a autora de todo, descobri através de umas bloggers brasileiras, mas gostei imenso dos seus livros, tenho um carinho especial pelo “Sorrisos Quebrados”.

Tânia Dias, uma escritora que ainda continua desconhecida para muitos, mas que escreve com o coração. Fiquei apaixonada pelo seu livro “Broken” e assim que saiu a continuação não consegui esperar e ler. A forma como a escritora consegue captar a atenção dos leitores, faz com que não consigamos pousar os seus livros. Recomendo imenso a experimentar a ler a obra desta jovem autora que tem muito para dar.

Um dos livros que mais me arrebatou o ano passado foi “A Paixão Segundo Constança H.” de Maria Teresa Horta. Tinha sido muito recomendado, disseram-me pelo menos umas três ou quatro vezes para ler o livro que eu iria amar. Novidade? Amei o livro, agora recomendo o livro a todos. É uma história envolvente, com uma escrita tão cativante, um livro que merece cinco estrelas diretamente.

Eça de Queirós, aquele escritor que mete medo a todos os adolescentes no secundário. Até a mim, deu-me medo na altura que tive de ler “Os Maias”. Não deixa de ser um grande autor da nossa literatura, não é para todos, mas é daqueles escritores que todos deviam explorar pelo menos uma vez da vida. Não digo que tenha de ser pelos “Maias”, existem mais obras do escritor que merecem ser lidas.

Uma escritora jovem e que é pouco falada: Carina Rosa, gostava que fosse mais conhecida porque ela tem um talento enorme. A obra que li dela foi “O Escultor”, na altura que li fiquei tão encantada e só pensava como este livro não era mais falado. Um thriller que se destaca até entre muitos dos que já li traduzidos, vale mesmo a pena explorar esta obra porque tudo neste livro deixa-nos apegados às personagens e à história.

Afonso Reis Cabral: um escritor que eu devia ter lido mais cedo. Apenas li o seu mais recente livro publicado “Pão de Açúcar”, mas é dos escritores portugueses mais recomendados. Desde que publicou o seu primeiro livro e houve grande alarido que este escritor ganhou grande destaque em Portugal. Pretendo ler em breve o seu primeiro livro “O Meu Irmão”, que acredito irei gostar imenso, se já gostei do último publicado, acredito gostar ainda mais do primeiro livro.

“Treze Más Histórias” de Ana Cláudia Dâmaso foi dos livros que mais gostei de ler da autora. Acompanhar a publicação da saga Koldbrann, mas admito que o livro com contos de terror foi aquele que mais me tocou. O facto de a literatura de terror não ser tão explorada cá em Portugal, é um ponto a favor. Contudo, a Ana Cláudia Dâmaso tem um talento que com o tempo só irá melhorar. Acredito que se ela mantiver o bom trabalho e foco, irá chegar bem longe.

José Saramago é aquele escritor que apesar de só ter gostado realmente de uma obra sua, continuo focada em ler o número máximo de livros dele que eu conseguir. Já li “O Memorial do Convento” que adoro imenso, a história ainda me deixa nas nuvens. Depois desse decidi ler “Todos os Nomes” que não gostei nada, entretanto, tenho na estante “As Intermitências da Morte” para ler muito em breve. A verdade é que se trata de um escritor bem premiado, por isso, acredito que deve estar obrigatoriamente nesta lista.

Se esta lista não tivesse João Tordo será crime. O único livro que li dele foi “O Bom Inverno” que realmente gostei mais do que estava à espera. Pretendo ler mais livros do autor, ainda não ganhei coragem para isso, sei que assim que começar não irei conseguir parar até ler todos os livros dele. É um dos meus escritores portugueses preferidos.

Afonso Cruz não li nada do autor, é daqueles que todos recomendam. Quero ter a oportunidade de ler um obra dele pelo menos, tenho aquele pressentimento de que irei gostar.

Do Valter Hugo Mãe apenas li “Contos de Cães e Maus Lobos” que adorei imenso, depois disso não li mais nada do escritor, mas pretendo ler pelo menos mais um livro do Valter Hugo Mãe este ano, admirei imenso a sua escrita.

Está aqui uma lista com cerca de doze escritores portugueses que merecem estar nas vossas estantes. Na minha opinião a literatura portuguesa é pouco explorada, deixámos ficar-nos por literatura traduzida e esquecemos que temos grandes obras de autores do nosso país.

Lê também

6 Comentários

  • Reply
    Ana Catarina
    Junho 10, 2019 at 11:13

    Olá, querida!
    Por acaso para os nossos escritores sou um pouco distraída! A Helena e a Sofia já conheço… Falta-me chegar a tantos os outros… rsrsrs
    Obrigada pelas dicas 🙂
    Um beijinho grande :*

    http://tudosoblinhas.blogspot.com

    • Reply
      Daniela
      Agosto 15, 2019 at 19:17

      Também sou um pouco, mas gradualmente estou a mudar isso. É um processo! Temos imensos escritores portugueses de qualidade, é uma questão de procurarmos um que nos encha as medidas. Pelo menos foi assim que eu fiz!

  • Reply
    Inês
    Junho 10, 2019 at 11:00

    Confesso que leio muito poucos livros de autores portugueses e gostava de mudar isso. Dos que referes gosto muito de Saramago, já li “Flores” de Afonso Cruz e gostei mas não achei extraordinário, li dois livros do José Luís Peixoto e gostei muito de um (Dentro da Coreia) e detestei o outro… Gosto muito de José Cardoso Pires, principalmente “A balada da praia dos cães”, de Joel Neto e de Rosa Lobato Faria.

    • Reply
      Daniela
      Agosto 15, 2019 at 19:16

      O ano passado a minha lista de autores portugueses lidos era bem pequena, e hoje ainda a considero pequena, porém, gradualmente tenho lido um ou outro livro de autores portugueses e apaixono-me cada vez mais pela nossa literatura. Temos tantos talentos portugueses, pena que valorizámos mais escritores estrangeiros do que os nossos.

  • Reply
    Cherry cherry
    Junho 10, 2019 at 10:20

    Conhecia todos os autores menos a Tânia Dias :).
    Beijinhos
    http://www.lifeofcherry.pt/

    • Reply
      Daniela
      Agosto 15, 2019 at 19:14

      Recomendo imenso os livros dela, apesar de ser uma escritora relativamente nova no mundo da escrita e publicação, gosto imenso das suas histórias e das personagens. Vale a pena dar uma oportunidade à autora!

Deixar uma resposta