Literatura

Literatura | The Wicked + The Divine: Fandemónio – Kieron Gillen

É realmente muito complicado o segundo volume de uma banda desenhada conseguir superar o primeiro volume. Amei o primeiro volume de The Wicked + The Divine: O Acto de Fausto, foram cinco estrelas bem merecidas. Como decidi ler o segundo volume The Wicked + The Divine: Fandemónio deu para notar a diferença entre ambos.
Destaco que mais uma vez tenho de elogiar a arte desta história, ainda não consigo olhar para a banda desenhada sem ter vontade de folhear e ficar horas a apreciar os desenhos. São muito bonitos e cheios de cor para o tipo de banda desenhada que se trata. Novamente os autores preocuparam-se em ter um certo balanço de cores, em momentos de maior êxtase temos imensas cores que fazem o leitor vibrar de boas energias, enquanto nos momentos mais melancólicos temos cores menos intensas passam essa mesma sensação ao leitor. Temos aqui uma boa balanço e algo que se destaca nesta banda desenhada.
Porém, é como disse: o segundo volume superar o primeiro é complicado. Não que este volume Fandemónio tenha sido mau, eu gostei imenso até. Só que ao comparar com o primeiro ficou um pouco atrás. A história deixou de ser tão interessante, passei mais de metade deste volume a sentir certa dificuldade em entrar na história e conseguir apreciar. No final deu uma reviravolta e só aí comecei a gostar, portanto tenho grandes expectativas para o terceiro volume.
As personagens neste parece que tornaram-se um pouco mais aborrecidas, não todas as personagens, mas em especial a personagem principal. Acredito que tal deve-se à reviravolta que ocorreu no final do primeiro volume, e que por consequência disso temos aqui uma personagem principal com mágoa e deprimida. Acabou por ser uma banda desenhada que entrou nas minhas preferidas, isso não posso negar. Não deixa de ser um volume que merece bem as quatro estrelas. Que venha o próximo.
Sinopse: A cada noventa anos, doze deuses aceitam reencarnar em forma humana. São carismáticos. São amados. São odiados. E morrem passados dois anos. E está tudo a acontecer agora. A acontecer de novo. Kieron Gillen, Jamie McKelvie e Matthew Wilson continuam a sua saga de fantasia moderna em que os deuses são as estrelas pop definitivas, e em que as estrelas pop são os deuses definitivos. The Wicked + The Divine: FANDEMÓNIO reúne os números seis a onze do comic original, bem como algum material suplementar.”
Editor: G-Floy Studio | ISBN: 9788416510757 | Páginas: 192 | Classificação: 4 em 5 Estrelas
Uma leitura com o apoio:

Lê também

8 Comentários

Deixar uma resposta