Teorias da Conspiração

4 Teorias da Conspiração Sobre o Titanic

Ultimamente tenho andado a pesquisar mais e a descobrir coisas bem interessantes. Através de vários canais de YouTube e Blogues tive conhecimento de teorias da conspiração que até fazem sentido, mas não passam disso: teorias da conspiração. Reuni algumas que na minha opinião podem ser bem verdade, mas ninguém sabe ao certo. Para primeira publicação acerca de teorias da conspiração decidi trazer o Titanic, que espero eu, todos conhecem e sem dúvida que é um marco da nossa história que deixou algumas perguntas por responder.
Existem diversas teorias que podem explicar o que realmente aconteceu com o Titanic, sublinho que nenhuma destas teorias foi confirmada. Porém, na minha opinião é sempre bom explorar outros pontos de vista. Há teorias muito esquisitas, falam até em extraterrestres e eu não aceitei lá muito bem essa teoria, parece-me demasiado falso. Apenas vou partilhar aquelas teorias que sinto serem as mais perto da verdade, e se houver alguma engraçada também partilharei.
Mas, vamos lá ver quais as teorias da conspiração que existem sobre o Titanic?
// Ataque Alemão //
A teoria de que o Titanic foi atacado por um submarino alemão. Faz sentido, mas será mesmo que aconteceu? Há relatos de vários submarinos alemães que atacaram outros navios britânicos, portanto é um teoria que não podemos de certo modo excluir de todo. Diz-se que os passageiros do navio ouviram explosões no Titanic, mas a verdade é que as explosões podem ter vindo do próprio Titanic e não do embate de um submarino. Há quem tenha visto luzes ao longe que poderiam ser de uma outra embarcação, e definitivamente era, o navio Californian. Porém, quem estava no Californian diz que havia mais uma embarcação para além do Titanic.
A teoria que contra ataca esta é simples: o Titanic afundou em 1912 e as guerras apenas deram início em 1914. Portanto as embarcações alemães não teriam qualquer motivo para atacar o Titanic. Mas claro, nunca saberemos a verdade. 
// Amaldiçoado //
Qualquer um de nós já ouviu falar de maldições, principalmente maldições acerca da cultura egípcia e os faraós. Ao que parece existe uma múmia no Museu Britânico que traz má sorte para o seu dono. Infelizmente, vários donos que a adquiriram não tiveram lá muita sorte. Inclusive o dono que a adquiriu na altura do Titanic, e por pura coincidência o dono embarcou no Titanic. Curioso, não? Será que está relacionado? 
A verdade é que não há como refutar esta teoria. Para os crentes é fácil acreditar, para os mais cépticos ficam de pé atrás. Como assim uma maldição pode ter resultado no naufrágio do Titanic? Não deixa de ser uma teoria interessante, mas muito complicada para acreditar.
// Era Mesmo o Titanic? //
A companhia que construiu o Titanic também construiu outras duas embarcações: HMHS Britannic e o RMS Olympic. Fotos das três embarcações mostram o quanto semelhantes são com o Titanic. Existe um senhor, Robin Gardiner, que inclusive chegou a escrever um livro acerca desta teoria – Titanic: The Ship That Never Sank?. 
No que se baseia ao certo esta teoria? O navio que supostamente embateu contra o iceberg não foi o Titanic, mas sim o Olympic. Mas porque a companhia White Star iria fazer isto? Ao que parece pode ter sido tudo planeado pela White Star para que conseguisse ganhar dinheiro do seguro por causa do acidente. Ao que parece o Olympic teve a sorte de navegar muito antes do Titanic, sofreu alguns danos e ficou com algumas lesões. Por exemplo, ficou com lesões nos eixos das hélices e outras lesões a nível do casco. Contudo, quando a companhia mandou os estragos do Olympic para o seguro, o seguro recusou-se a cobrir os custos dos danos.
A White Star que estava a ter problemas financeiros, aquilo não vinha nada a calhar. Os custos para arranjar um navio são enormes, qualquer um pode imaginar isso. Então é aqui que a teoria começa a fazer sentido. Para resolver os problemas, a companhia decidiu dar um toque no que se havido estragado no Olympic, e em vez de mandar para o alto mar o Titanic, mandou o Olympic. Assim, o Titanic passaria a ser o Olympic e nunca ninguém descobriria a troca. Faz sentido? Em certo modo explica o motivo porque o Titanic começou a ter problema técnicos muito antes de embater no iceberg.
Em contra ataque temos o facto de não haver qualquer prova da troca de navios. Nem quando em 1936 o navio Olympic foi desmontado isso trouxe qualquer prova que valide esta teoria, mas tudo se esconde.
// A Culpa Não Foi do Iceberg //
Vamos lá por um segundo deixar de culpar o iceberg. E se a culpa não tivesse sido realmente do iceberg? Há quem diga e acredite que um deflagrou um incêndio, aproximadamente 10 dias antes da partida do Titanic e que se deu durante vários dias de viagem. Sabemos que nesta altura é comum ver diversos incêndios em navios a vapor devido à combustão do carvão. Quem defende esta teoria diz que a culpa não terá sido totalmente do iceberg, mas que em certa parte levou com que o incêndio piorasse os estragos do embate. 
Há quem diga que o incêndio no armazém não teria força suficiente para enfraquecer assim tanto o casco do Titanic. Por outro lado diz-se que se não fosse esse tal fogo, o Titanic teria demorado menos tempo a afundar, o que resultaria em muitas mais mortes. Verdade ou não, mais uma vez não sabemos, mas é mais uma teoria que é bem fácil de acreditar.
Existem muitas outras teorias acerca do que realmente aconteceu com o Titanic, mas foram estas que eu mais facilmente consegui acreditar. Em certo modo acho que estas conseguem fazer sentido, mas como referi, não passam de teorias que nunca serão possíveis comprovar. É mais fácil aceitar o que todos acham que realmente aconteceu: o Titanic embateu contra um iceberg e afundou. Uma tragédia que anos depois ainda causa tanta impacto nas pessoas. Saberemos o que realmente aconteceu?
Esta publicação foi escrita com ajuda de outras publicações. Resultou de uma pesquisa de informação pública, não foi informação copiada de todo mas sim trabalhada por mim após várias pesquisas. Não afirmo que seja verdade, mas teorias são apenas isso, teorias. Deixo abaixo todos os links a que dei uso durante esta pesquisa.

Lê também

Sem Comentários

    Deixar uma resposta