Literatura

Literatura | Pequenos Fogos em Todo o Lado – Celeste Ng

Assim que este livro foi publicado em Portugal dei de caras com ele em pré-venda na Wook. Não chamou a minha atenção, pelo contrário. Vi algumas pessoas a falar dele, e na maioria eram opiniões bem positivas. Mas nunca pensei em colocar na lista de desejos. Acabou por ser o primeiro livro escolhido para o #NetBookClub e comprei para juntar-me à leitura. Não tinha expectativas e pouco ou nada sabia do livro. Estava a ser um fenómeno, e ao que parece as classificações sempre positivas.


Comecei a leitura, e logo ao início pensei que o livro não era de todo para mim. Pensei em desistir, mas não gosto de deixar um livro de lado sem antes ler cem páginas ao menos. Li até à página cem e qual a minha surpresa quando dou por mim a gostar realmente do livro? Verdade que ao início foi complicado, contudo ainda bem que continuei a leitura. 

Largar o livro foi impossível, e assim que o terminei senti vontade de o reler. Ainda hoje passada já praticamente uma semana ainda quero pegar nele e ler tudo do início. Como conseguiu um livro com o qual eu não me identificava tornar-se um livro tão bom? Continuem a ler que eu explico tudo.

Celeste Ng conquista logo o leitor com a sua escrita maravilhosa. É complicado não gostar da sua escrita, e foi de facto o motivo pelo qual continuei a ler até à página cem. Um escrita que vicia e fluí. Deixa qualquer leitor a querer ler mais e mais. Só pela a escrita Pequenos Fogos em Todo o Lado já merece uma classificação positiva. Mas o livro é só isto? Não, ainda vamos no início.

Com diversas personagens, todas bem caracterizadas, modeladas e acima de tudo, bem reais. Desde assuntos polémicos e que abrem os olhos para a nossa sociedade como o aborto, gravidez na adolescência, relações pais e filhos, namoros na adolescência, perda da virgindade, diferenças na sociedade, adopção, depressão pós-parto, etc. Um livro cheio de lições que é sem dúvida aconselhado para todas as idades. Perfeito para adolescentes e adultos. 

O tema que despertou mais o meu interesse foi as relações entre pais e filhos, e a verdade é: os pais nunca sabem tudo acerca dos filhos. Por mais que tentem controlar, ter atenção, os filhos têm sempre os seus segredos. Porém, os pais também têm os seus segredos. Acredito que os pais têm mais para contar do que aquilo que realmente contam. Em grande parte, tratam-sede histórias que os filhos nunca chegaram a perguntar, ou por muitos outros motivos.

Posso dizer-vos que cada personagem tem um papel perfeito e indicado para a história. A forma como tudo foi planeado, como tudo começa a interligar-se à medida que avançámos na leitura. O drama todo do enredo vem aos poucos, mas prende a atenção do leitor. Só queremos seguir a vida de cada personagem, saber mais e descobrir mais. Apenas sabemos uma coisa: nem todos são quem parecem ser, ou seja, as aparências iludem.

O fina do livro conseguiu surpreender-me. Achei que havia muita emoção no final, apesar de em parte o final já ter sido desvendado. A escritora conseguiu interligar tudo, o leitor não fica com qualquer dúvida, e termina o livro com o coração a pulsar de adrenalina. Um livro excelente, sem sombra de dúvidas. Resta-me recomendar-vos a leitura, acredito que vão gostar. Tornou-se dos meus preferidos deste ano, e não há um único momento que não acabe por pensar nesta leitura. Intensa. Maravilhosa. Quero mais.

Sinopse: Em Shaker Heights, um pacato subúrbio de Cleveland, está tudo previsto — desde o traçado das ruas sinuosas até à cor das casas, passando pelas vidas bem-sucedidas que os seus residentes levam. E ninguém encarna melhor esse espírito do que Elena Richardson, cujo princípio orientador é obedecer às regras do jogo.A esta idílica redoma chega Mia Warren — uma artista enigmática e mãe solteira — com a filha adolescente, Pearl. Mia arrenda uma casa aos Richardsons. Rapidamente Mia e Pearl se tornam mais do que inquilinas: os quatro filhos dos Richardsons sentem-se cativados pelas duas figuras femininas. Mas Mia traz consigo um passado misterioso e um desprezo pelo statu quo que ameaçam perturbar esta comunidade cuidadosamente ordenada.”


Editor: Relógio de Água | Tradutora: Inês Dias | ISBN: 9789896418489 | Páginas: 320 | Classificação: 5 em 5 Estrelas

Lê também

2 Comentários

  • Reply
    Angie
    Agosto 26, 2018 at 11:19

    O livro ao início parece não fazer sentido e muito chato, mas recomendo que continues a leitura porque depois vais apaixonar-te completamente pelo livro!

    Obrigada pela visita, boas leituras, beijos <3

  • Reply
    Patrícia Lobo
    Agosto 24, 2018 at 20:43

    É um livro que pretendo ler nos próximos tempos, porque realmente o feedback é sempre bastante positivo e tenho imensa curiosidade no desenrolar da história.

    Beijo *

Deixar uma resposta