Lifestyle

Desafio 1 + 3 | Um Objetivo que Já Está a Ser Cumprido

No início de 2018 fiz uma pequena lista com os meus objetivos para este ano. Verdade que muitos já completei, como a meta de leituras, mas outros a ver vamos. Ainda vou a tempo de os cumprir, mas sei que será melhor adiar alguns planos. Nem sempre podemos fazer tudo no agora, temos de ter noção daquilo que conseguimos ou não fazer. Já tenho planos para 2019, e acredito que será um ano intenso. Contudo, o que vos vou falar hoje, é um objetivo que tenho muitos antes de 2016. Mas porquê só agora falar nele e pôr as mãos à obra? Deixem-me contar uma pequena história.
Eu nunca fui muito magra, nem muito gorda. Engordava nas férias de verão, emagrecia durante as aulas. À medida que crescia o meu corpo mudou, e sinceramente não me importava se engordava ou emagrecia. Comia o que gostava, e sentia-me bem comigo mesma. Porém, acredito que já passaram pelo menos ou parecido, à medida que crescia sentia-me mal a olhar para mim e para as outras raparigas. Começava a comprar, e maldita a hora que comecei a dar atenção ao que os outros diziam. Resultado? Como forma de esconder o meu nervosismo e ansiedade acabava por abusar da comida. 
Não foi apenas isso, tenho perfeita noção. O facto de ter adotado o método “comer pouco ou quase nada” para tentar emagrecer, não tomar pequeno-almoço, não ter uma alimentação equilibrada, não querer praticar exercício físico. Tudo isto ajudou a que chegasse onde cheguei. Não é que seja muito gorda, digo-vos mesmo: eu gosto do meu corpo. E se a minha mãe lê esta publicação vai logo certificar-se que como o dobro só para eu não morrer à fome. Obrigada mãe! Isto tudo é uma questão de ser saudável, não pretendo perder peso com este objetivo, quero apenas sentir-me saudável.
Portanto, o meu objetivo que já está a ser cumprido é sem dúvida ser mais saudável. Pretendo mudar os meus hábitos alimentares, aos poucos mudo isto ou aquilo, já consigo sentir-me com mais energia e penso no quanto parva fui ao ouvir as dicas dos outros que só me faziam mal. Comam, não passem fome, e acima de tudo, tenham noção que podem comer tudo o que vos apetece apenas tenham controlo. Não evito o meu belo chocolate, venha lá ele, mas não como três ou mais por dia. Não me deixo levar por impulsos, e penso duas ou mais vezes. 
Primeiro que tudo, é importante saber ouvir o nosso corpo, e o meu diz que preciso fazer uma mudança na minha vida. Ser saudável só vai fazer-me bem, e é aquilo que preciso para ser alguém melhor.

Lê também

Sem Comentários

    Deixar uma resposta