Lifestyle

Desafio 1 + 3 | Medo

Agosto 12, 2018
Sempre tive muitos medos. Admito que à medida que envelheço sinto que fico com muitos mais medos. Muitas das vezes é a ansiedade a dar das suas, outra sou só eu a fazer demasiados filmes. Mas a verdade é que muitas das vezes não arrisco por puro medo. Vale a pena prender-me e deixar de viver por medos parvos? Não, e quero mudar isso. Quero ter mais confiança em mim, saber que consigo e não ter medo do que possa ou não acontecer. Ir de braços abertos e aceitar todos os desafios. Não ter medo de cair, porque sei que consigo levantar-me. 
Para este tema do desafio 1 + 3 decidi fazer uma lista com alguns dos meus medos de forma a que tenha uma ideia de quais são para ver se lhes dou a volta por cima. Não quero ser muito extensa, contudo preciso ser realista. Portanto, vamos lá:
– medo de não conseguir o trabalho de sonho;
– medo de não ser suficiente;
– medo de não conseguir sentir-me bem comigo mesma;
– medo de perder quem amo;
– medo de magoar quem amo;
– medo de arriscar;
– medo de conhecer e dar-me a conhecer;
– medo de seguir os sonhos;
– medo de ser eu;
Parecem medos parvos, mas o primeiro erro que cometemos é achar que os nossos medos são parvos. Se temos os medos que temos porque algum motivo é. A melhor solução é descobrir como surgiu esse medo e ir directo ao problema. Não vale a pena esperar que passe, ou ficar quieto à espera que a situação se resolva. Os medos não desaparecem, só se lutarmos para que eles desapareçam. É assim, não pode ser tudo um mar de rosas. 

    Deixar uma resposta