Literatura

Literatura | Mentes Poderosas – Alexandra Bracken

Ainda não sei ao certo que dizer deste livro. Foi amor e ódio. Tanto gostei como não gostei. Posso dizer-vos que demorei imenso tempo a conseguir entrar e lidar com as personagens e enredo. Foram cerca de 250 páginas a pensar desistir, mas prolongar a leitura com a esperança que fosse melhorar. Sem dúvida que melhorou, gostei imenso das evoluções que a história sofreu. Contudo, as mais de 200 páginas com uma narrativa aborrecida e com personagens confusas valeriam as quatro estrelas?

Nas últimas 100 páginas acontece mais ação do que na primeira parte do livro, temos aqui mais personagens, descobrimos mais segredos, e acima de tudo, conseguimos ter outro ponto de vista das personagens principais. Finalmente conseguimos descobrir quem eles são e quais os motivos pelos quais continuam a lutar. Demorou para o livro tomar um rumo interessante, mas conseguiu dar a volta por cima. Se ao início as personagens pareciam tão simples e com pouca vida, conseguiram finalmente tomar um rumo e ter objetivos. Evoluíram, e isso foi bom.

É a minha estreia com Alexandra Bracken, tenho Os Passageiros do Tempo para ler, mas nunca consigo avançar mais que umas meras páginas. Darei outra oportunidade ao livro, sem sombra de dúvida que após ler Mentes Poderosas darei outra chance. Se será tão bom quanto este? Não sei. Este conseguiu ser bom, despertou o meu interesse para os restantes e conseguiu deixar-me com o coração nas mãos. Um livro intenso, e que deixa qualquer um sem palavras.

De todas as personagens não consigo encontrar uma que goste realmente, gostei da Ruby a nossa personagem principal, mas não entendia muitas das suas atitudes. O Liam foi dos que chamou mais a minha atenção por causa da sua personalidade e acredito que ele tenha muitos mais segredos. Temos o Chubb e a Zu, ambos personagens com grande impacto na história. Mas destes quatro não conseguiram arrebatar-me tanto quanto o Fugitivo. Mais não digo, deixo para vocês descobrirem mais.

Posso dizer-vos que ao início a leitura pode tornar-se aborrecida, vão sentir vontade de desistir do livro. Não desistam, vale a pena dar uma oportunidade ao livro, nem que seja para apreciar a escrita de Alexandra Bracken que apesar de não ser muito elaborada é uma escrita que flui e nem damos por isso. Não sei para quando teremos o segundo livro, mas espero que para breve, quero saber a continuação da história de Ruby. Acredito que será um livro muito intenso, e cheio de aventuras e segredos para descobrir. 

Sinopse: Quando Ruby acorda no seu décimo aniversário, algo nela mudou. Algo suficientemente alarmante para os pais a trancarem na garagem e chamarem de imediato a polícia. Um fenómeno inexplicável arrancou-a à vida que sempre conheceu e mandou-a para Thurmond, o assustador campo de reabilitação do governo destinado aos sobreviventes. 


Ruby não sucumbiu à doença misteriosa que aniquilou a maioria das crianças nos Estados Unidos, mas ela e os outros prisioneiros tornaram-se algo muito pior, porque desenvolveram habilidades mentais poderosas que não conseguem controlar.

Mentes Poderosas terá adaptação cinematográfica com estreia em Portugal a 9 de agosto.”


Editor: Marcador Editora | Tradutor: Ana Mendes Lopes | ISBN: 9789897543678 | Páginas: 372 | Classificação: 4 em 5 Estrelas

Uma leitura com o apoio:

Lê também

2 Comentários

  • Reply
    Angie
    Julho 31, 2018 at 19:03

    Sou sempre sincera nas minhas opiniões, não consigo falar bem de um livro se não gostei! Mas pronto, tento sempre dar o meu melhor! Obrigada pela visita <3

  • Reply
    Tina António
    Julho 25, 2018 at 17:50

    Obrigado pela sinceridade na opinião!

Deixar uma resposta